Sábado, 25 de Abril de 2009

Pedro Santana Lopes escolheu o 25 de Abril como data para o lançamento da sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. Estranho a decisão na medida em que nunca o vi com tanta vontade de se associar ao 25 de Abril. Mete-me impressão porque é o aproveitamento político, sujo, puro e duro de uma data com um enorme significado intrínseco e que pouco ou nada lhe disse ao longo dos anos.
É mais do mesmo: um piscar de olho à esquerda que mais não é que fachada, hipocrisia e calculismo político. Vale tudo na disputa do poder, o que interessa é o resultado final, ainda que desprovido de sentido, rumo ou convicções.
Começou agora e serão mais 6 meses disto. Depois acabou.



André Couto às 22:54 | link do post | comentar

2 comentários:
De André Couto a 25 de Abril de 2009 às 22:58
Ao leitores que comentaram este mesmo post no Câmara de Comuns peço que continuem o diálogo aqui que é, dentro do projecto Câmara de Comuns, o sítio onde este post melhor encaixa.
Obrigado!


De João S. a 27 de Abril de 2009 às 11:47
O camarada tem toda a razão! Nada de as "forças reaccionárias" se associarem ao 25A! O 25A é património exclusivo da esquerda (e mesmo assim, só de alguma)!Essa gente do PSD é tudo uma cambada de "fáxistas"!


Comentar post

Contacto
camaradecomuns@sapo.pt
Arquivo
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
Siga-nos
Lemos Sempre
Tags

todas as tags

subscrever feeds