Sexta-feira, 10.04.09

O PSD anunciou hoje que apresentou queixa na Comissão Nacional de Eleições (CNE) pela notificação que recebeu do vereador José Sá Fernandes para retirar em 48 horas o cartaz que tem no Marquês de Pombal

Em declarações à agência Lusa, o dirigente social-democrata Agostinho Branquinho acusou José Sá Fernandes de ter cometido “um acto ilegal, porque não respeita a lei, e imoral, porque ele próprio já por duas vezes colocou cartazes no Marquês de Pombal”.

 

“Ao Zé faz falta ser democrata, respeitar as regras do jogo e a legislação”, considerou Agostinho Branquinho

Ora bem, parece-me que esta reportagem terá um valor latente muito superior ao do desengraçado cartaz.

 

 Boa Zé...



Jorge Franco às 21:38 | link do post | comentar

O presidente do IGESPAR, Elísio Summavielle,reconheceu hoje que a colocação de cartazes na rotunda do Marquês de Pombal, em Lisboa, tem impacto visual, mas lembrou as excepções que a lei prevê em período de campanha...obviamente!

Mas lá que se deveria reduzir. por acordo entre todos os partidos, o impacto visual das campanhas politicas na cidade de Lisboa, devia, uma coisa é chamar a atenção, outra bem diferente é "cegar ou enjoar" com tanta mensagem, informação, desinformação, poluição visual, publicidade e afins...



Paulo Ferreira às 19:03 | link do post | comentar

Contacto
camaradecomuns@sapo.pt
Arquivo
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
Siga-nos
Lemos Sempre
Tags

todas as tags

subscrever feeds