Quinta-feira, 30.04.09


Tags: ,

Paulo Ferreira às 16:55 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sábado, 25.04.09

 



António Prôa às 19:10 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 24.04.09

Deixo o Comunicado conjunto de PSD, CDS-PP, MPT e PPM:

 

COMUNICADO


O PSD, o CDS-PP, o MPT e o PPM tornam público que acordaram constituir uma coligação eleitoral, incluindo cidadãos independentes, que será apresentada às próximas eleições autárquicas no concelho de Lisboa.


O acordo de coligação assenta nos seguintes pressupostos:
 

1. Convergência de opinião na análise da actual gestão da cidade de Lisboa:


Lisboa é hoje uma cidade sem esperança em que os problemas sociais se agravam e onde se verifica a incapacidade para fazer face aos principais desafios estratégicos e a muitos problemas do dia-a-dia.


A Câmara Municipal de Lisboa é actualmente uma estrutura virada sobre si própria, alheada da difícil realidade dos Lisboetas e condicionada por uma estratégia de propaganda que pretende criar apenas ilusões, na tentativa de segurar o poder.


Os interesses dos Lisboetas são sistematicamente sacrificados em nome das conveniências do Governo, mesmo que estas prejudiquem a cidade.


2. Convergência nas propostas:


Lisboa merece e pode ter uma outra gestão que esteja do lado e ao lado dos Lisboetas nas suas dificuldades, que volte a trabalhar com empenho, que intervenha de facto na resolução dos problemas de Lisboa, que coloque o interesse da cidade à frente de quaisquer outros.


Os subscritores do acordo de coligação, bem como os cidadãos independentes que a integram, convergem nas propostas para o desenvolvimento equilibrado da cidade que se traduzirá num programa conjunto a propor aos Lisboetas.


3. Convergência na solução:


Os partidos e os cidadãos independentes envolvidos na coligação consideram que o Dr. Pedro Santana Lopes reúne todas as condições para retomar a esperança dos Lisboetas e o desenvolvimento da cidade, merecendo total confiança para liderar este movimento.
 

Neste contexto, serão apresentadas, pelos signatários, listas comuns a todos os órgãos
autárquicos, que serão divulgadas a seu tempo.
 

O PSD, o CDS - PP, o MPT, o PPM e os cidadãos independentes envolvidos na coligação estão convictos de poderem constituir uma alternativa com sentido, em benefício do futuro da cidade e dos Lisboetas.


Lisboa, 23 de Abril de 2009
Carlos Carreiras
Presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa do PSD
António Carlos Penha Monteiro
Presidente da Comissão Política Distrital de Lisboa do CDS - PP
José Antunes de Faria
Secretário-Geral do MPT
Gonçalo da Câmara Pereira
Vice-Presidente do PPM

 



Rodrigo Saraiva às 12:33 | link do post | comentar

Sábado, 18.04.09

‘O PSD voltou a ter um líder’, diz Santana Lopes


Santana Lopes diz que, ao escolher Paulo Rangel para encabeçar a lista europeia, Ferreira Leite fez uma demonstração de liderança. E admite que ele, Marques Mendes e Luís Filipe Menezes não conseguiram afirmar-se à frente do PSD
 
Como é que disse mesmo?
Ainda há um ano atrás, Pedro Santana Lopes e Ferreira Leite trocavam mais do que uns singelos mimos, atravessando por vezes de mais o limite do aceitável em nome de uma candidatura à liderança do PSD.
Hoje, Santana é o candidato do partido laranja ao município de Lisboa e até ver, fará os fretes a Ferreira Leite.


Miguel Teixeira às 18:00 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.04.09

 

 

 

Hoje assaltou-me uma duvida.

Será Pedro Santana Lopes realmente o candidato preferido da direita portuguesa para Lisboa?

A pergunta parece-me pertinente dado dois aspectos.

 

O primeiro aspecto prende-se com o facto de que a líder do PPD/PSD ter “afirmado”, para todos os efeitos, não ter votado em Santana nas ultimas legislativas.

O segundo aspecto traduz-se na recente declaração de Paulo Portas, líder do CDS, ao afirmar que não foi ele que decidiu apoiar Santana Lopes, foram os militantes.

 

Assim, ficamos a saber que Ferreira Leite prefere apoiar um candidato da oposição do que apoiar Pedro Santana Lopes, alguém do seu próprio partido, é este o respeito, a confiança e a solidariedade política que o PSD, na figura da sua presidente, tem pelo candidato a Lisboa

Ficamos também a saber que Paulo Portas prefere “chutar para canto”, não querendo ver o seu nome associado à candidatura do menino guerreiro, assim diz baixinho: não fui eu! Foram eles! Eu nada tenho a ver com isso...

   Posto isto será este menino o guerreiro que a direita quer? Ou estão a engolir um nocturno sapo?

 



Jorge Franco às 22:25 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quinta-feira, 09.04.09

A Câmara de Lisboa aprovou ontem a contratação de um empréstimo de 120 milhões de euros para reabilitação urbana, mas a operação poderá ser inviabilizada na Assembleia Municipal onde o PSD tem maioria.

O empréstimo exclusivamente destinado a obras de reabilitação urbana foi aprovado em Câmara com os votos contra dos vereadores do PSD e necessita de ratificação na Assembleia Municipal, onde o PSD está em maioria.

 

Ora vejamos, por exemplo, quem criou as SRUs?Quais as áreas de intervenção para as quais está a ser pedido este empréstimo?Apesar de não haver qualquer documento estratégico digno desse nome, quais foram as recomendações (mais) consensualmente aceites em relação à Baixa Pombalina?Há algo de verdadeiramente maquiavélico neste empréstimo ou é apenas o bloqueio pelo bloqueio...para bloquear?É como o pagamento de dívidas aos fornecedores da CML?

 


Tags: , , , ,

Paulo Ferreira às 16:43 | link do post | comentar

Contacto
camaradecomuns@sapo.pt
Arquivo
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
Siga-nos
Lemos Sempre
Tags

todas as tags

subscrever feeds